RAF.AN

reforma e design de interiores | apartamento duplex | São Paulo | 2018
Um apartamento duplex. Impressionante como uma escada e a possibilidade de ter dois níveis diferentes interligados visualmente deixa tudo mais interessante. O apartamento encontrado antes da reforma não inspirava grandes paixões e para transformar o imóvel no lar idealizado pelo jovem proprietário foi necessário mais "retirar" que "agregar" elementos no projeto. No pavimento inferior, onde se encontra a área social, a grande transformação se deu diminuindo a pouco utilizada cozinha ampliando assim o espaço reservado à sala de estar. Dois terços da antiga cozinha era dominada por uma grande bancada de granito preto que num determinado ponto se transformava em mesa. Optou-se por substituir todo este conjunto por uma mesa convencional mais leve e funcional. A escolhida foi uma redonda: democrática e devido a sua forma jamais estará "fora de lugar" no espaço. A paleta neutra (cinza nas paredes, piso cinza e madeira em tom mel) para a base do apartamento foi proposital para destacar dois elementos: o aparador verde formado pela junção de três blocos independentes e cada um com sua função específica e o revestimento verde sob bancada da cozinha. Apenas em outros dois pontos um segundo tom de verde é encontrado e um deles só é percebido ao se utilizar o lavabo discretamente posicionado sob a escada de acesso ao piso superior e agora envelopado com o mesmo MDF madeirado utilizado em outros mobiliários do apartamento. Mas as grandes transformações não ficaram apenas no piso inferior, logo na entrada do dormitório, envolta por divisórias de vidro, banheira dava as boas vindas a quem subisse a escada. Interligada ao banheiro deixava todo o espaço visualmente aberto para o quarto. Banheira removida, banheiro devidamente fechado e seus revestimentos substituídos o proprietário passou a ter um ambiente com o dobro do espaço anterior. Apesar de grandes mudanças em ambos os pisos elementos como closet, a estante branca do dormitório e a bancada de mármore do banheiro foram mantidos recebendo apenas complementos de marcenaria para se adequar aos novos usos e estética do projeto. E por fim, para de fato integrar os dois pisos o lustre do pé direito duplo foi pensado como uma caixa metálica por onde lâmpadas tubulares desenvolveriam um desenho linear (melhor percebido quando estiverem acesas). Portanto,  fica a dica: o melhor período para visitar este apartamento é a noite.