REN.JU

design de interiores | apartamento | São Paulo | 2017
O prazo era curto: praticamente um mês tendo Natal e Reveillon no meio do processo. Porém as solicitações eram pontuais e factíveis. Cozinha, área de serviço e banheiros não sofreriam intervenções; pisos e armários seriam mantidos. A nova marcenaria foi desenvolvida para otimizar os espaços de armazenamento sem perder a função decorativa e com uma base neutra garantida pelo tom médio de cinza nas paredes e no piso das áreas sociais o novo mobiliário, em branco e madeirado (similar ao existente), se integrou perfeitamente bem aos ambientes e as duas únicas cores escolhidas a dedo para pontos específicos: vermelho queimado e o verde iluminado presente no aparador, estrela da sala de jantar. O terraço, amplamente utilizado pelos moradores, um longo banco amplia a disponibilidade de assentos e integra a mesa com o pequeno estar na outra ponta do terraço. Mas a grande surpresa fica no quarto do casal. A cabeceira, de formas e cores discretas, integra uma penteadeira com iluminação ao estilo camarim completamente disfarçada quando não em uso. Pouco tempo e intervenções pontuais que mudaram completamente a utilização do novo lar. O resultado: um apartamento para ser plenamente aproveitado.